Dioxinas e PCBs* são poluentes ambientais persistentes que podem entrar na cadeia alimentar em diferentes etapas. Resultam da contaminação do ambiente através do transporte aéreo e do depósito de emissões de várias fontes: incineração de detritos, fabricação de produtos químicos, pesticidas, aço, tintas, tráfego, …

São altamente persistentes na natureza e se acumulam na cadeia alimentar, principalmente nos tecidos gordurosos dos animais. Não são produzidos de maneira intencional ou deliberada, mas formados como um subproduto dos processos químicos.

Com o tempo, estas substâncias tóxicas podem ter efeitos nocivos sobre a saúde humana e podem causar cânceres do rim e do fígado. 80% da exposição humana ocorre através dos alimentos. A contaminação pode variar largamente, dependendo da origem dos produtos alimentícios. Carnes e laticínios, peixes e moluscos são conhecidos por terem as maiores taxas de contaminação.

A Upscience oferece a seus clientes medições simultâneas de acordo com o standard EPA 1613B 1994 de dioxinas, compostos aparentados à dioxina e PCBs sob certificação.

ANALISES RELACIONADAS